NOTICIAS

Pontes que não caem

   13/10/2017
Fonte: Texto publicado na 12ª da revista Innovare News   

Castanheira começa a ter sua paisagem rural mudada com a construção de pontes de concreto em lugares estratégicos

 

 

                                                                     ***

Cortado por vários rios, o município de Castanheira enfrenta um problema natural desta condição geográfica privilegiada: a constante necessidade de manutenção de suas pontes, em razão dos estragos feitos pelas águas anuais até o fechamento do verão, em março. De todas as pontes, porém, três sempre geraram maior preocupação: duas sobre o Rio Vermelho, no Vale do Seringal, e uma sobre o Rio 7 de Setembro, na MT 420, sentido Fontanilhas.  A situação agravou-se com a queda de uma delas, no ponto de ligação entre o II e o IV Assentamentos.

 

No início da primeira gestão da atual equipe administrativa, ao mesmo tempo que presenciavam a grandiosidade deste desafio da infra estrutura do município, os gestores municipais foram tomados pela esperança de fazerem um levantamento bem amarrado da sofrível realidade para lograr êxito na decretação de estado de emergência. E assim foi. Em 2013, o Ministério da Integração Nacional liberou R$ 5,2 milhões para resolver o problema da precariedade das três pontes, uma das quais segurada por correntes e gerando apreensão permanentes nos usuários da rota.

 

Exatamente este ponto do Rio Vermelho hoje é ocupado por uma nova ponte, de concreto. Até o final do ano, o mesmo acontecerá com o vão de 85 metros da ponte que caiu, onde hoje uma balsa improvisada realiza o serviço de travessia e com o vão de 60 metros sobre o Rio 7 de Setembro.  As boas novas, porém, não terminam aí. Um segundo estado de emergência foi reconhecido pelo Ministério  da Integração, gerando R$ 2 milhões para a construção de sete pontes menores de concreto e um outro sinaliza com a liberação de mais R$ 4 milhões para a construção de outras pontes e bueiros.  Estruturas que não caem e que deixarão para trás um cenário que em alguns momentos foi desolador.

 

 

 

PS - As fotos são das obras sobre o Rio 7 de Setembro 

 

 

 

Menu

Webmail
Fotos de Castanheira