NOTICIAS

Grupo discute projeto de incentivo ao plantio de castanheira

   09/12/2017
Fonte: Agecom   

Uma reunião importante na última quarta-feira, 06, na Prefeitura Municipal, discutiu um projeto de futuro que está dando certo em alguns municípios do Estado, especialmente na região de Apiacás. Trata-se do plantio da castanheira-do-Brasil, com duplo objetivo: recuperar as áreas degradadas e ao mesmo tempo oferecer mais uma alternativa de renda, agregando valores aos pequenos agricultores.

 

O encontro, que contou com a participação de representes da Empaer, secretários municipais, prefeita Mabel de Fátima Melanezi Almici, vereadores Amaziles, Juarez, Simone e Palito, além de representantes da comunidade, entre eles o empresário Gilmar Polo, definiu a necessidade da criação de uma Comissão para continuar uma série de contatos já iniciados com este fim pela prefeita e vereadora Simone.

 

Entusiasmadas com a iniciativa, Mabel e Simone lembram que existe um grande interesse de nações europeias, principalmente a Alemanha, na obtenção de produtos ecológicos. Uma instituição, a start-up Toda vida, dirigida pelo alemão Benjamin Kromayer e a paraense Andrea Heberling, está financiando o plantio de milhares de mudas. Além da preocupação ambiental, eles destacam o ganho que os pequenos produtores podem conseguir, pois a farinha de castanha é altamente procurada por alguns países, desde que procedente de projetos de sustentabilidade.

 

Como a castanheira demora de seis a dez anos para dar frutos, os projetos que já se encontram em fase avançada em algumas áreas da região noroeste de Mato Grosso incorporam o plantio de espécies com ciclos mais curtos, para que as famílias envolvidas possam viver da produção. Em Juruena uma área degradada de três hectares já está sendo recuperada mediante do reflorestamento com castanheira.  Por lá, também, pequenos produtores e tribos indígenas associados à Cooperativa dos Agricultores do Vale do Amanhecer já aderiram ao plantio.

Menu

Webmail
Fotos de Castanheira