NOTICIAS

Saúde orienta sobre cuidados com a conjutivite

   05/01/2018
Fonte: Agecom   

 

A única forma de se manter longe da doença é aprendendo a identificar os sintomas e se orientar para algumas dicas simples

 

O município de Castanheira está listado entre os vinte e dois dos 141 municípios de Mato Grosso que enfrentam um surto de conjuntivite entre os seus moradores, de acordo com levantamento da Secretaria de Estado de Saúde (SES). Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, até o dia 04 aproximadamente 140 casos foram notificados.

 

A doença é uma inflamação da conjuntiva ocular, que pode ser transmitida de pessoa a pessoa e dura de 7 a 10 dias, tendo altos picos de incidência nos meses da primavera e do verão, quando o calor, a umidade e o tempo seco favorecem a disseminação.

 

Conforme orientações da Vigilância em Saúde, a única forma de se manter longe da doença é aprendendo a identificar os sintomas e se orientar para algumas dicas simples, como manter a higiene das mãos, não coçar os olhos, evitar aglomerações e usar toalhas de papel para enxugar o rosto e as mãos. Outras medidas importantes são evitar o uso de água boricada e o compartilhamento de objetos com uma pessoa que esteja com a doença.

 

Os sintomas da conjuntivite são olhos avermelhados, coceira e sensação de desconforto, inchaço do olho ou pálpebra, lacrimejamento – inclusive com possibilidade de pus – sensibilidade à luz, visão borrada, dor de garganta, dores pelo corpo e olhos colados.

 

A orientação da Secretaria Municipal de Saúde é para que, diante dos primeiros sintomas, a pessoa procure a Unidade de Saúde. Após isto, orienta-se pelo uso de gaze umedecida com água filtrada ou mineral, ou soro fisiológico, uma para cada olho, para limpar as “casquinhas” que se formam em volta do olho. Aplicar compressas frias também alivia o incômodo.

 

Em caso de contágio por meio de bactéria é necessário o uso de antibiótico e o paciente deve ser avaliado por um médico. 

Menu

Webmail
Fotos de Castanheira