NOTÍCIA

Castanheira 33 anos: Olho na pandemia mão na massa!

DATA: Quinta-feira, 01/07/2021 10:00
FONTE: Assessoria

No próximo domingo, Castanheira completa 33 anos de emancipação político-administrativa.

A exemplo do ano passado,  com as restrições definidas pelos últimos decretos, baseadas nas recomendações de protocolo da COVID 19, as celebrações com participação popular estão suspensas.

Nesta sexta-feira, 02, contudo, algumas atividades foram agendadas para lembrar a data de 04 de julho de 1988, quando foi criado o município, como a entrega de bolos, no Centro do Idoso, a distribuição de mudas produzidas no Viveiro Municipal, na Secretaria de Agricultura, a premiação do Concurso de Redação sobre a data, para crianças, jovens e adolescentes, na sala de reuniões da Prefeitura, a premiação do concurso fotográfico “Um olhar sobre a natureza castanheirense”, na Câmara Municipal, e uma live, a partir das 19 horas, com algumas atrações culturais.

Essas atividades representam, de forma emblemática, a disposição do governo municipal em manter a chama da esperança em relação ao momento difícil no cenário mundial. As mudas, por exemplo, representam a produção da terra, farta no Estado que mais produz grãos no país; a redação, a atividade criadora de seus munícipes, mesmo em tempos de dor; a fotografia a importância de olhar para o que traz esperança, e assim por diante.

Enquanto o cenário da pandemia não oferece absoluta segurança, as Secretarias Municipais mantém rotinas de trabalho, proporcionais ao que podem oferecer e dentro dos parâmetros estabelecidos por autoridades sanitárias.

A Secretaria de Obras tem focado especialmente na recuperação das estradas vicinais e na melhoria de sua malha em serviços como a substituição de pontes por bueiros de concreto. Nesta semana uma das equipes faz mais uma substituição, na Linha São Roque.

Na Saúde, a prioridade é a imunização. Nesta quarta-feira, uma equipe esteve no Vale do Seringal, no 3º e 4º Assentamentos, vacinando pessoas que estão na faixa etária dos 40 anos. Antes, no sábado, o mesmo público, mas da zona urbana, foi atendido, numa iniciativa que “linkou” o serviço com um elemento da cultura, a festa junina. O “Arraiá da Vacina” atendeu 250 pessoas. Paralelamente, a pasta mantém sua agenda de trabalho, que inclui outros programas vacinais, como o da gripe.

Na Educação, as aulas remotas continuam e a equipe se prepara para a volta do sistema híbrido, agora definido pela Assembleia Legislativa do Estado para depois que os profissionais da educação receberem a 2ª dose da vacina contra a Covid. Paralelamente, diversos serviços tem sido executados, como a construção do muro da nova Creche Municipal, reformas na Escola Municipal Castanheira, entre outros.

No Social, os serviços voltados para os diversos programas que atendem famílias carentes estão mantidos, o que implica em atendimento permanente ao público, observando-se as regras definidas para enfrentamento da pandemia da Covid 19.

O Esporte, depois de definir uma agenda de melhorias em espaços de uso público, como o Estádio Municipal e o campo de futebol society do bairro Guadalupe, realiza um campeonato de videogame, por ser uma das poucas práticas que podem ser desenvolvidas no momento, por não incluir o contato pessoal.

Em todos os setores, enfim, a palavra de ordem é “não parar”. Os responsáveis nunca tiveram que ser tão responsáveis como no momento, pois muitas ações requerem contínuas readequações de agenda, no compasso dos cenários da pandemia da Covid 19.



MAIS NOTÍCIAS