NOTÍCIA

Um dos maiores desafios de infraestrutura em Castanheira está sendo vencido

DATA: Sexta-feira, 02/11/2018 00:20
FONTE: Assessoria

“É uma coisa medonha!” A rara expressão, usada por uma moradora da Av. Nossa Senhora Aparecida, na parte não asfaltada, entre os Bairros Guadalupe e Santo Antônio, dimensiona o que ainda se vê quando se passa nas imediações de uma ponte de madeira, construída no trecho mais complexo. Ali, não bastasse o escoamento do esgoto urbano, tem uma região pantanosa. “Nos tempos chuvosos, ao longo de décadas, é um desafio passar por aqui”, observa um transeunte.

Este cenário, porém, está com os dias contados. Não fosse as chuvas das últimas semanas, não apenas a ponte já seria coisa do passado, bem como a acessibilidade precária. A Prefeitura Municipal de Castanheira aceitou o desafio de mudar este cenário de parte da Av. Nossa Senhora Aparecida que corta uma das regiões mais problemáticas da cidade, por seus desníveis e pelo brejo que inviabiliza quaisquer construções.  

“O trabalho de canalização, para drenagem das águas, está avançado e um grande bueiro substituirá a ponte; outros menores, em pontos estratégicos, já foram construídos”, destaca o vice-prefeito, Jandir Scheffler, que ao lado do chefe de Gabinete, Júnior Rios, do Secretário de Obras Anderson Fernandes Mota (Mineirinho) e do servidor Jacó Bertolino Horn, supervisiona as obras regularmente.

Nas últimas semanas foram definidas linhas de ações para diversas equipes do setor de Obras do município. Uma, atua na zona rural, tendo construído pontes de madeira nas regiões mais atingidas pelas volumosas chuvas do período. Outra, na zona urbana, reforça os serviços de drenagem nos pontos mais vulneráveis da cidade detectados pela defesa civil e já contemplados com pavimentação asfáltica. Finalmente, uma terceira executa os serviços finais da segunda fase de pavimentação asfáltica da administração da prefeita Mabel de Fátima Milanezi Almici, no Bairro Santa Rita.

“Muitas vezes equipes trabalham nos finais de semana, feriados e até a noite, mas os moradores de Castanheira merecem todo nosso esforço pela melhoria de qualidade de vida”, observa a prefeita Mabel, que acaba de retornar de Brasília, onde foi acompanhar o andamento de reivindicações para o município. Uma delas diz respeito a um terceiro decreto de emergência, em sua gestão, nomeando os estragos ocasionados pelas chuvas do início de 2017 e indicando soluções.



MAIS NOTÍCIAS