NOTÍCIA

Tudo sobre a vacinação contra a pandemia Covid 19 em Castanheira

DATA: Sexta-feira, 12/02/2021 13:00
FONTE: Assessoria

O programa de vacinação contra pandemia da Covid 19 deve atingir em breve uma das metas em Castanheira: alguns profissionais da saúde que atuam na linha de frente de combate ao vírus já foram vacinados com as duas doses da vacina e um segundo grupo já foi contemplado com a primeira dose.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Castanheira já recebeu tres remessas do imunizante, grande parte do Coronavac, distribuído pelo Istituto Butatã. Uma pequena remessa de 10 doses da vacina Oxford-Astrazenica, distribuída pela Fundação Osvaldo Cruz,  também chegou ao município.

Pela ordem a imunização local já seguiu o seguinte agendamento: uma primeira remessa de 46 vacinas Coronavac propiciou a aplicação da primeira dose a 42 servidores da Saúde, 03 idosos acima de 60 anos e 01 idoso deficiente institucionalizado. Uma segunda remessa, sendo 30 da Coronavac e 10 da AstraZeneca, foi direcionada como 1ª dose para o restante da equipe da Saúde e mais 06 idosos com idade acima de 90 anos. Uma terceira remessa, da Coronavac, destinou-se a segunda dose do primeiro grupo imunizado, composto de 46 pessoas. Outras 40 doses desta mesma remessa e do mesmo imunizante estão sendo aplicadas em idosos com mais de 90 anos.

A partir de agora os esforços maiores concentram-se nos idosos, com doses sendo aplicadas de acordo com as faixas etárias, em ordem decrescente, e o quadro de risco. Neste sentido, a orientação é para que os familiares procurem as unidades de saúde para o agendamento.

Visando facilitar o atendimento e dar mais segurança aos castanheirenses, dois horários foram definidos para o atendimento específico as questões relacionadas ao coronavírus. De segunda à sexta as pessoas devem procurar os três PSF’s do município, das 10 às 11 e das 15 às 17 horas. No período noturno e nos finais de semana ou feriados, a Secretaria Ivania Tigre aconselha que contato seja feito no (66) 99621 2630, indicando os sintomas, onde eventualmente haverá um direcionamento ao atendimento.

Sintomas

De acordo com a Fundação Fiocruz, os sinais clínicos mais comuns da Covid 19 são principalmente respiratórios, semelhantes aos de um resfriado: tosse, febre, coriza e dor de garganta. Alguns casos evoluem para pneumonia, caracterizada por dificuldades respiratórias.

Recentemente, as perdas de olfato e de paladar foram reconhecidas como sintomas associados. Há, ainda, outros sintomas menos comuns, como conjuntivite, náuseas, dor de estômago, diarreia, dor de cabeça, lesões de pele e alteração do nível de consciência.

Por se tratar de uma doença nova, o conhecimento a respeito da Covid 19 está em constante evolução, conforme novas pesquisas são publicadas. Diante deste cenário, o caminho mais seguro é estar atento aos pareceres emitidos por órgãos historicamente ligados a pesquisa e produção científica, como própria Fiocruz.


MAIS NOTÍCIAS