NOTÍCIA

O rito da Vacinação em Castanheira e as perguntas mais comuns sobre a Covid 19

DATA: Terça-feira, 27/04/2021 00:23
FONTE: www.castanheiranews.com.br

Castanheira prossegue com a vacinação contra a Covid 19, com doses dos imunizantes da Astrazeneca, do laboratório britânico da Universidade de Oxford, em parceria com a Fiocruz, e da CoronaVac, da farmacêutica chinesa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantã.

Nesta segunda, 26, começaram a receber a 1ª dose os idosos com idades de 64 e 63 e já nesta terça feira, 27, os da idade seguinte, no critério decrescente, ou seja, 62, poderão procurar a unidade do PSF Rural, no Bairro Bosque da Saúde, a partir das 9 horas, para serem imunizados.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde os idosos que receberam a primeira dose da imunização entre 1º e 10 do corrente mês, devem procurar a mesma unidade de saúde na próxima sexta-feira, dia 30, para receberem a 2ª dose.

Qual é melhor?

A propósito das dúvidas naturais da população em relação a eficácia das duas únicas vacinas disponibilizadas até o momento, especialistas destacam que o importante é que as duas tem a tendência de evitar eventos graves da doença.

Lembram também, que os componentes da vacina, seja da CoronaVac seja a da AstraZeneca, não causam adoecimento, pelo contrário, preparam a pessoa, imunologicamente. Caso tenha contato com o vírus, terão no máximo sintomas leves, não precisando de atendimento num Pronto Atendimento.

A orientação também é para que a população tome a vacina que estiver à disposição, pois independente dos percentuais de eficácia em relação ao contágio, a principal detalhe a ser realçado é que tanto uma como a outra evitam, sobretudo, óbitos e hospitalizações.

Perguntas Mais Comuns

Alguém pode transmitir a COVID 19 ou ser infectado mesmo tomando a vacina?

A resposta dos especialistas é sim. Enquanto o sistema imunológico estiver sendo trabalhado pela vacina, é imprescindível o uso de máscara, lavagem das mãos e o distanciamento social. Do contrário, a pessoa pode transmitir ou adoecer.

É preciso tomar as duas doses?

A vacina não confere imunidade imediata. Até que seja tomada a segunda dose, no caso da CoronaVac, a pessoa pode adoecer da Covid 19. Ter recebido a primeira dose da vacina não é estimulo suficiente para imunizar alguém 100%.

E depois que tomar a segunda dose, a pessoa está protegida?

Com a segunda dose, é preciso esperar de duas a quatro semanas para que o sistema imunológico garanta resistência. E mesmo após a segunda dose é necessário usar máscara e manter as medidas de prevenção.


MAIS NOTÍCIAS